RECEITASDMAIS.com
some_text Menu


Dica de cardápio para quem mora sozinho

Muitos que começam a morar sozinho, que estão iniciando uma nova vida longe dos pais, podem enfrentar uma série de desafios. Quando saímos de casa é preciso se adaptar a uma nova realidade, a uma nova casa, criar uma rotina completamente diferente, uma rotina em que é necessário separar um tempo para atividades que antes não passavam pela sua cabeça.

Um dos principais desafios com o qual os novos explorados de primeira viagem podem se deparar, é como se alimentar de uma forma mais saudável, sem perder muito tempo na cozinha. Pensando nisso, a equipe do ReceitasDmais fez uma pesquisa e preparou uma sugestão de cardápio para uma pessoa. As receitas que separamos são todas simples. Também priorizamos os pratos rápidos e aqueles que podem ser adaptados e reaproveitados em outros dias da semana.



Além de que preparamos mais dicas para que você possa aproveitar melhor os alimentos e facilite sua vida na cozinha. Lembramos que é importante ser saudável mas para isso não precisa perder no sabor!

·         Se você não gosta ou tem preguiça de cozinhar, é preciso ter em mente que preparar sua própria comida oferece vantagens como escolher e saber a causa   do que come, tem que garantir que a comida seja feita com ingredientes de qualidade e evitar gorduras e açúcar, que existem aos montes em comidas de restaurantes e fast-foods.

·         Outra questão importante é a higiene, já que quem controla isso na sua casa é você mesmo, lembre-se sempre de que lavar as mãos, nunca é exagero, sempre que for cozinhar, passe um álcool (próprio) nas mãos, seque suas mãos e depois coloque a mão na massa .

·         A economia é outra motivação para quem está pensando em cozinhar em casa e abandonar os gastos diários com restaurantes, fast-foods, lanchonetes ou padarias.

Mas vamos parar de amolar faca e seguir para o que importa!

1° Dica: Ao cozinhar alimentos como arroz e feijão, faça-os em grande quantidade. Se cozinhar 1 e ½ xícara de arroz, por exemplo, você não precisará se preocupar com esse preparo pelos cinco dias úteis da semana e ainda poderá se deliciar com bolinhos de arroz no fim de semana! Lembre-se também, que você pode querer jantar algo mais consistente, então é bom ter um arrozinho bem guardado na geladeira!

2° Dica: Para que você não enjoe do arroz, escolha dois dias da semana e faça, em um deles, macarrão e, no outro, substitua o grão por algum outro carboidrato, como batata ou batata-doce, purê-de-batata, nhoque não são descartáveis.

3° Dica: Pense sempre em fazer pratos bem coloridos. Escolha pelo menos quatro cores para ter em suas refeições. Dica: arroz (branco), feijão (marrom), couve refogada (verde) e carne moída (“vermelho”). Não repita cores no mesmo prato. Caso cozinhe cenoura para um dia, não existe necessidade de também levar abóbora.

4° Dica: Quando pensar em mudar, mude com criatividade as suas refeições básicas. Se ralar cenoura e misturá-la ao arroz de ontem, você dá a ele uma nova cara e deixa de lado a impressão de estar comendo a mesma coisa há dias.

5° Dica: Colocar linguiça ou outra carne no feijão é uma delícia. Mas experimente também colocar legumes como abóbora e cenoura, e verduras, como espinafre, até a famosa beterraba!.

6° Dica: Procure guardar a comida para os dias da semana em potes de vidro. Eles não guardam cheiro e sabor, o que evita que a comida de um dia pegue gosto de outra.

Dica 7: Lave suas verduras em água corrente e higienize-as deixando-as de molho em água e vinagre, sendo uma parte de vinagre para dez de água.



Dicas para o Cardápio!

Segunda-feira: Arroz, bife acebolado , legumes cozidos e salada de alface e tomate. (Dicas de bife: Bife grelhado com cebolas)

Terça-feira: Arroz, picadinho de carne , farofa de ovos e salada de agrião. (Dicas de  picadinhos, Clique aqui.)

Quarta-feira: Purê de batata-baroa , filé de frango grelhado, legumes sauté e couve refogada. (Dicas de filé de frango: Clique aqui)

Quinta-feira: Macarrão com molho branco , frango com molho orientale salada de alface e tomate.

Sexta-feira: Arroz com cenoura, omelete de queijo , legumes cozidos e salada de agrião com rúcula. 

Sábado e Domingo: Se você faz algum tipo de exercício físico, então não há problemas sem você comer um lanche ou comprar uma pizza. Uma vez por semana, não faz mal. Mas se o seu problema for exercícios físicos, então tente um lanche light, fitness ou até mesmo, comer um “lanche especial” de duas em duas semanas. Mas se você não gostar de lanches, então use nosso site para descobrir e inovar em novas receitas, receitas especiais para o sábado e domingo. Chame seus amigos, peça para que eles te ajudem, será divertido e vocês irão aprender a fazer um prato novo e delicioso!

Lembramos que O feijão é livre, leve sempre um potinho com essa delícia para servir de acompanhamento. Ele cai bem com todos os pratos que foram sugeridos.

Gostou de nossas dicas? Quer ficar por dentro do que acontece em nosso site? Siga nossas redes sociais!

A Edição.






INGREDIENTES

2 ovos
¾ de xícara (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
½ colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara (chá) de leite
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
óleo para fritar
açúcar e canela em pó para polvilhar

MODO DE PREPARO

Numa tigela, junte os ovos, a manteiga, o açúcar e o sal e misture muito bem.
Acrescente alternadamente à mistura o leite e a farinha de trigo, mexendo sempre com uma colher.
Junte o fermento e misture bem.

Numa panela média, coloque bastante óleo e leve ao fogo alto para aquecer.

Quando o óleo estiver quente, abaixe o fogo.

Com duas colheres de sobremesa, modele os bolinhos. Encha uma das colheres com a massa e passe de uma colher para a outra, até que a massa fique com um formato arredondado.

Com cuidado, coloque pequenas porções de bolinhos no óleo quente. Deixe fritar até que os bolinhos fiquem dourados.

Com uma escumadeira, retire os bolinhos e coloque sobre um prato forrado com papel-toalha.

Num prato fundo, coloque açúcar e canela em pó e misture bem. Passe os bolinhos por essa mistura até envolvê-los completamente. Sirva a seguir.
Frappê de café



INGREDIENTES

1 bola de sorvete de creme
1 xícara de café gelado preparado normalmente, sem açúcar
1 xícara de leite gelado

MODO DE PREPARO

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Para decorar, basta usar calda de chocolate no fundo do copo antes de servir.
Café Escocês



Ingredientes

1/4 de uísque
1/4 de anizete
2/4 de café quente
1 colher (chá) de açúcar

Modo de preparo

Montar e servir em caneca especial. Decorar com creme de chantilly. Pulverizar com uísque.

Benefícios do Azeite de Oliva em nossa saúde
Olá queridos seguidores, mais uma vez estamos aqui preparando boas dicas para você e sua família. Nesta semana, a equipe do ReceitasDmais esteve pensando em um assunto interessante, você já perguntou quais os benefícios de utilizar o azeite? E quais as melhores dicas para comprar um? Não? Então confira a dica de hoje!

O azeite de oliva é extraído do fruto da oliveira, a famosa azeitona e é típico e largamente consumido nos países mediterrâneos, principalmente na Grécia. Muitos atribuem a boa saúde e a longevidade dos povos dessa região à ingestão de azeite, que dão uma força ao nosso coração, é antioxidante, e muitas outras propriedades.


Lembramos que neste artigo, falaremos das propriedades e benefícios provenientes do consumo do azeite extra virgem, que, ao contrário dos outros tipos, não passa por processo de refino e não sofre com adição de produtos que reduzem a qualidade do óleo.

Ajuda o seu coração: Estudos espanhóis afirmam que o consumo de azeite de oliva retarda o envelhecimento natural do seu coração, veias e artérias. Portanto, o azeite ajuda a manter nosso sistema cardíaco jovem.Além disso, outros estudos, desta vez franceses, apontam que o óleo de oliva ajuda a prevenir enfartos em até 41% e hipertensão arterial.

Controla o colesterol: Após seis semanas de ingestão de azeite de oliva, mais de 40 pacientes em um estudo realizado no Japão apresentaram diminuição das taxas de LDL (o colesterol ruim) e aumento das taxas de HDL (o bom). Como os níveis de LDL estão estritamente ligados ao acúmulo de gordura nas veias e artérias, o azeite impede esse acúmulo, evitando doenças coronárias diversas e, como já mencionado, enfartos.



Previne alguns tipos de câncer: Pouco se sabe acerca das propriedades anticancerígenas do azeite e como o alimento atua no organismo de modo a nos proteger da doença. No entanto, tem ciência de  que a ingestão do óleo extra virgem atua como um sinalizador natural que avisa às células do corpo que elas estão sofrendo ataques de um oncogene, impedindo que ele danifique seu DNA. Outra característica neste campo é que, por ser antioxidante, o azeite evita a oxidação do DNA celular, o que impede que as células cancerígenas se multipliquem de forma descontrolada.

Protege contra a osteoporose: O azeite pode ser um ótimo aliado na prevenção e no tratamento da osteoporose pois atua diretamente na melhora da densidade óssea

Diminui o risco de depressão: Outro estudo espanhol analisou 12 mil pessoas, parte delas consumindo o azeite como sua principal fonte de gorduras, parte ingerindo outras fontes. Como o fato de a gordura trans estar diretamente ligada ao elevado risco de depressão já ser conhecido à época, o estudo serviu para afirmar que o consumo regular de azeite, com maior parte de gorduras boas em sua composição, reduz em até 48% a chance de se ter a doença ao longo da vida.

Reduz as chances de Mal de Alzheimer: Apesar de os estudos até agora terem sido realizados apenas com camundongos e de serem necessários mais pesquisas para a comprovação da informação, acredita-se que a ingestão de azeite de oliva reduz as chances de se ter Mal de Alzheimer.



Agora que nós já conhecemos alguns benefícios do Azeite, como você e eu devemos comprar um azeite de qualidade? Há diversas marcas no mercado, você já deparou com essa cena? Então confira nossa dica:

1.       Dar preferência para o azeite extra-virgem: pois ele contém mais nutrientes e menor acidez. Quando não for possível, escolha o virgem.

2.       Escolher o azeite com acidez até 0,8%: quanto menor a acidez, mais puro e melhor a qualidade do azeite.
3.       Escolher o azeite puro, sem misturas com outros azeites ou óleos: essa informação pode ser encontrada nos ingredientes no rótulo. Certifique-se de que o azeite não é uma misturado com azeite refinado ou outros óleos, podendo receber a denominação de óleo composto.

4.       Pegar os azeites do fundo da prateleira, armazenados longe da iluminação:a exposição do azeite à luz e ao sol pode oxidar as gorduras monoinsaturadas e fazer com  que o azeite perca suas qualidades nutricionais.


5.       Escolher os azeites de embalagem escura e de vidro: isso previne que a luz entre em contato com o óleo e faça ele perder propriedades nutricionais.

Lembre-se de conferir a classificação dos tipos de azeite!

Extra-virgem -> Até 0,8 -> Preserva todos os nutrientes do azeite. É resultado da primeira prensagem das azeitonas, em temperatura controlada, sem passar por nenhum tipo de refino. -> Qualidade Ótima

Virgem -> Menor ou igual a 2,0 -> É obtido exclusivamente por processos físicos e mecânicos, em temperatura controlada, sem passar por nenhum tipo de refino. -> Qualidade Boa

Único -> Menor ou igual a 1,0 -> É uma mistura de azeite de oliva refinado com azeite de oliva virgem ou extra-virgem, tendo menor qualidade. -> Qualidade regular

Esperamos que você tenha gostado de nossa matéria, nossa equipe se empenha em poder deixar um sorriso no seu rosto e também em preparar ótimas dicas para vocês!

Amigos, dentro do RECEITASDMAIS.com temos várias receitas com azeite. CLIQUE AQUI e veja!

Continue acompanhando nossos serviços nas redes sociais!


A Edição.

Semana de receitas especiais para o dia 12 de maio 



INGREDIENTES
Costelinha com Cerveja

1,5 kg de costelinha suína limpa (2 peças médias)
300 ml de cerveja Witbier (Opcional)
3 colheres de chá de sal
2 colheres de chá de páprica doce
1 colher de chá de páprica picante defumada
½ colher de chá de pimenta caiena
1 colher de chá de cominho em pó
8 colheres de chá de açúcar mascavo
3 colheres de sopa de óleo vegetal
suco de 1 limão
papel alumínio quanto baste

Molho Barbecue

1 xícara de ketchup
½ xícara de vinagre de vinho branco
¼ de xícara de massa de tomate
3 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 colher de sopa de manteiga
½ cebola bem picada
1 dente de alho picado
½ colher de chá de páprica doce
1 pitada de chilli em pó
1 pitada de páprica picante defumada
1 pitada de cominho em pó
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Fazer:

Em primeiro lugar, misture os temperos da costelinha em um pote: sal, páprica doce, páprica picante defumada, pimenta caiena, cominho, açúcar mascavo, suco de limão e óleo vegetal e misture até formar uma pastinha.

Esfregue essa pastinha sobre as costelas. Corte uma grande folha de papel alumínio (enrole cada costela em separado) e deposite a costela no meio com a parte dos ossos virada para baixo, conforme a foto. Dobre um pouco as laterais da folha para poder colocar o líquido sem cair fora. Despeje a cerveja e em seguida cuidadosamente vá dobrando a folha de alumínio para o centro de forma que feche bem. Se necessário, enrole com mais uma folha (lembre-se que a cerveja precisa ficar dentro do papel).

Agora você tem duas opções: assar no forno a 170ºC ou na churrasqueira em brasa sobre uma grelha, e em ambos os casos fica assando por 1h e 30min.

Enquanto a carne vai assando, para fazer o molho barbecue é simples: em uma panela refogue com manteiga a cebola e o alho picados. Quando a cebola ficar transparente, adicione o vinagre de vinho branco, espere ferver. Então adicione todos os outros ingredientes e deixe cozinhar por 30 minutos em fogo baixo. Experimente, acerte os temperos e está pronto.

Assim que passada a 1h e 30min, retire a costelinha do alumínio e coloque em uma forma (no caso de estar assando no forno) ou sobre a grelha (no caso de estar usando a churrasqueira). Pincele o molho barbecue sobre um lado e deixe uns 7 minutos no forno ou na grelha, então vire a costelinha e pincele do outro lado e deixe mais 7 minutos, e vá fazendo assim até que complete mais ou menos 30 minutos.


Dica é: se você quiser mais sabor de cerveja na carne, pincele menos barbecue. Como o sabor do molho é forte quanto mais você colocar na carne, menos o gosto da cerveja irá se sobressair.
Lombo de porco com vinagrete especial

Semana de receitas especiais para o dia 12 de maio 



Ingredientes

Para o lombo de porco

Suco de 3 limões
2 colheres de sopa de azeite
½ cabeça de alho
Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto
Corte de lombo de porco de aproximadamente 2kg
Para vinagrete de manga
1 cebola roxa média
Suco de 1 limão
2 mangas médias (do tipo palmier que não tem tanto fiapo)
2 tomates médios
¼ de xíc. de salsa fresca picadinha,
1 colher de sopa de azeite
sal a gosto

Instruções
Para o lombo de porco

Comece processando o suco de limão com o azeite, o alho e sal e pimenta do reino moída na hora a gosto até formar uma pasta.

Faça alguns furos na carne, passe a pasta que se formou com os temperos e deixe na geladeira de um dia para o outro para pegar bem o gostinho.

Para assar, leve ao forno em temperatura alta e pré aquecido durante 1h com o tabuleiro coberto com papel alumínio. Depois desse tempo, retire o papel e deixe ficar ficar bem dourado, virando a carne para não ficar branquela por baixo. É importante que você vá adicionando água quente ao tabuleiro caso ele vá secando e que abra o forno de vez em quando para regar a carne.

Se você quiser tirar a dúvida do ponto da sua carne e não tiver por aí um termômetro culinário, a minha dica é fazer um corte bem no meio do pedaço de carne, assim você já vê como está o seu assado e ainda consegue cortar bem bonitinho.

Para vinagrete de manga

Comece cortando a cebola roxa em cubos bem pequenos e misture ao limão. Deixe marinando por alguns minutinhos. Enquanto isso corte as mangas e o tomate também em cubos pequeninhos.
Misture tudo e adicione no final a salsa fresca, o azeite e sal a gosto (não precisa ser muito, mas vai por mim, faz a diferença).

Deixe para adicionar o vinagrete a carne somente na hora de comer viu! O vinagrete pode ir em temperatura ambiente ou levemente gelado!

Tempo de preparo:  
Tempo de cozimento:  2 Horas
Nhoque recheado

Semana de receitas especiais para o dia 12 de maio



Ingredientes

PARA A MASSA:
 500g de batata rosa (asterix)

 PARA O RECHEIO:
 ½ xíc (chá) do recheio de sua preferência (utilizei mussarela de búfala ralada)
 1 gema de ovo
 1 col (chá) de sal
1 col (café) de pimenta do reino
 ½ xíc (chá) de farinha de trigo
 Água para cozinhar o nhoque e as batatas

 PARA O MOLHO: 
2 col (sopa) de manteiga
10 folhas de manjericão
 ½ xíc (chá) de tomate seco
 Queijo parmesão ralado a gosto

Modo de preparo

PARA A MASSA RECHEADA: 

Cozinhe as batatas com casca em água fervente por cerca de 15 minutos.

 Escorra, deixe esfriar e, na seqüência, retire as cascas.

Passe as batatas por um espremedor ou amasse até obter um purê leve e consistente. Junte o ovo, o sal, a pimenta e a farinha.

Gentilmente, misture os ingredientes com as mãos. Passe para uma superfície limpa e enfarinhada. Sove a massa fazendo movimentos circulares (faça uma grande bola de massa e role em movimentos circulares).

Corte a massa ao meio e faça dois rolos com um dedo de largura cada. Corte-os em pequenos pedaços com dois dedos de largura cada. Abra cada pedaço com os dedos e coloque um pouco do recheio (utilizei mussarela de búfala).

Feche e, com as mãos, ajeite os pedaços para que fiquem redondos. Coloque água em uma panela grande e leve ao fogo alto para ferver. Junte o nhoque e deixe cozinhar por cerca de 1 minuto, até que os pedaços bóiem. Com uma escumadeira, retire e coloque em um refratário.

PARA O MOLHO: Em uma frigideira, coloque a manteiga, o tomate seco e o manjericão. Leve ao fogo médio e espere derreter. Despeje sobre o nhoque e finalize com parmesão ralado. Se quiser, leve ao forno para gratinar.
Cheesecake de Jabuticaba

Receita do programa Mais Você
 
Semana de receitas especiais para o dia 12 de maio 



Ingredientes - Cheesecake de Jabuticaba

½ xícara (chá) de bolachas doces sem recheio, trituradas (55g)
4 ovos
3 ½ xícaras (chá) de ricota fresca (500g)
1 ½ xícara (chá) de açúcar (300g)
¼ xícara (chá) de manteiga (50g)
2 ½ xícaras (chá) de cream cheese (500g)
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1/3 xícara (chá) de amido de milho (40g)
2 xícaras (chá) de nata pasteurizada (470g)
2 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
Raspas de 1 limão siciliano

Modo de Preparo - Cheesecake de Jabuticaba

Distribua as bolachas doces em uma forma de fundo falso (25 cm de diâmento x 7 cm de altura) untada com manteiga e reserve.

Na batedeira, coloque os ovos, a ricota, o açúcar, a manteiga, o cream cheese, a essência de baunilha e o amido de milho e bata bem. Desligue a batedeira e incorpore a nata, o suco de limão e as raspas de limão. Bata por 5 minutos em potência média até ficar homogênea e transfira para a forma forrada com o biscoito. Leve ao forno pré-aquecido a 180° C por 1 hora.

Depois desse tempo, retire do forno, deixe esfriar e cubra com a geleia de jabuticaba. Decore com morangos, framboesa, amoras e sirva em seguida.

Geléia de Jabuticaba

Ingredientes - Geleia de Jabuticaba

850g de jabuticaba
150g de açúcar

Modo de Preparo - Geleia de Jabuticaba

Em uma panela em fogo médio, coloque as jabuticabas e, assim que começarem a abrir, cozinhe por 15 minutos. Apague o fogo e passe em uma peneira para retirar todo o líquido (não aperte muito para não ficar amargo). Reserve somente o suco e descarte o que ficar na peneira.

Na mesma panela do cozimento em fogo médio, coloque o suco de jabuticaba coado (+/-400 ml), o açúcar e mexa até reduzir por 10 minutos em fogo médio. Apague o fogo e reserve a geleia.
Risoto de camarão

Semana de receitas especiais para o dia 12 de maio



Ingredientes

500g de camarão cru com casca
2 xícaras de arroz arbóreo
1 xícara de pimentão vermelho cortado em cubos
1 xícara de pimentão amarelo cortado em cubos
1/2 cebola picada
Salsinha a gosto
Sal e pimenta a gosto
Azeite para refogar
1 colher de sopa de pimenta
Parmesão ralado para finalizar

Modo de preparo

Descasque os camarões e reserve

Coloque as cabeças, rabos e cascas do camarão para ferver em dois litros de água por 10 minutos

Tempere os camarões com sal e pimenta a gosto e guarde na geladeira

Refogue a cebola e os pimentões picados por 5 minutos em uma panela grande

Acrescente o arroz e sal, refogue

Retire as cascas, cabeças e rabo dos camarões do caldo passando-o por uma peneira e descarte-os (mantenha o caldo sempre aquecido em uma panela separada)

Vá regando o risoto com o caldo de camarão e mexa um pouco até o caldo começar a secar, regue um pouco, mexa um pouco, sempre em fogo baixo

Quando o arroz estiver no ponto (macio, pero no mucho), junte a salsinha picada e os camarões, o parmesão e a manteiga

Apague o fogo e misture delicadamente até que os camarões estejam bem rosados



Ingredientes do Café Mocha

50 ml espresso
50 ml leite
50 ml espuma de leite para cappuccino
50 ml creme de chocolate (pode ser ganache)

Modo de preparo do Café Mocha

Coloque em uma caneca o espresso, o leite, o chocolate e, por último, a espuma. Se quiser, decore com chantilly ou acrescente canela.



Ingredientes:

1 ¹⁄³ xícara de polvilho doce (150 g)
½ xícara de queijo parmesão ralado fino (50 g)
½ xícara de queijo prato ralado grosso (75 g)
½ xícara de manteiga sem sal cortada em cubos (75 g)
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de orégano seco
1 ovo levemente batido
1 ovo batido para pincelar

Modo de fazer

Preaqueça o forno a 200° C.

Em uma tigela coloque o polvilho doce e os queijos e misture. Em seguida adicione a manteiga, o ovo, sal e orégano e vá misturando com a ponta dos dedos, desmanchando a manteiga e integrando os ingredientes.

Misture bem até obter uma bola de massa totalmente uniforme.

Observação: Quando a manteiga e os outros ingredientes estiverem totalmente integrados, você conseguirá fazer uma bola, mas dependendo do tamanho do ovo que você usou, pode ser necessário colocar uma ou duas colheres de água gelada. Da primeira vez que fiz não foi necessário, mas na segunda precisei acrescentar.

Polvilhe um pouco de polvilho doce na bancada e comece a abrir a massa com o rolo ou com uma garrafa, vá abrindo a massa bem fina e polvilhando delicadamente polvilho para que a massa não grude no rolo.

Abra a massa bem fininha, em seguida corte usando um cortador de sua preferência ou com faca mesmo. Delicadamente retire os biscoitinhos da bancada e acomode em formas untadas.

Pincele delicadamente com o ovo batido.

Não é necessário deixa espaço entre eles mantêm o formato original.

Leve para assar por aproximadamente 15 minutos, depois de retirar do forno deixe esfriar um pouco e solte os biscoitos da forma.

Prontinho, só degustar! ^^